Samsung lança Galaxy A Quantum, telemóvel com segurança quântica

Samsung lança Galaxy A Quantum, telemóvel com segurança quântica

16/05/2020 0 Por Redacção

A Samsung lançou, em parceria com a SK Telecom, o Galaxy A Quantum, um telemóvel que inclui um gerador de números aleatório baseado em tecnologia quântica. Simplificando, é possível o telemóvel obter um número aleatório sem haver qualquer padrão que permita prever outros números aleatórios gerados antes ou no futuro pelo mesmo equipamento. Isto tem aplicações em cibersegurança, mais especificamente em encriptação de dados e comunicações. Mas de que forma?

Todos utilizamos geradores de números aleatórios sem o sabermos – quando recebemos aquelas SMS com códigos de confirmação, quando fazemos uma compra online e é preciso que exista uma ligação segura com o serviço de pagamentos, seja o PayPal ou numa transacção com cartão de crédito, ou em procedimentos mais avançados, como enviar emails cifrados ou proteger ficheiros com palavras-passe.

Este novo equipamento, que utiliza o chip SKT IDQ S2Q000, utiliza fundamentos quânticos para gerar esses números aleatórios: a partir de um feixe de luz, é possível obter informação suficiente para produzir um número que não dá qualquer pista sobre os próximos números a serem obtidos, ou sobre outros que já tenham sido gerados. Isto é decisivo para ter um gerador de aleatórios seguro, uma vez que, em alguns casos, basta saber que número foi utilizado num processo de encriptação para o quebrar. Garantindo a segurança do processo de obtenção de números aleatórios, e assumindo que o processo de encriptação está correctamente implementado, a matemática garante-nos que os dados estão seguros – a não ser por tentativa e erro.

Samsung revela o primeiro smartphone do mundo com tecnologia de ...
Exemplos de serviços que podem aproveitar este novo chip – autenticação, pagamentos e verificações de identidade

Contudo, “tentativa e erro” na criptografia geralmente é algo impraticável, dado o número extremamente elevado de tentativas necessário. E quando falamos em “extremamente elevado”, pode ser algo na ordem de 2^128, o que é algo como 340.282.366.920.938.463.463.374.607.431.768.211.456 hipóteses (para quem gostar mais de notação científica, é mais ou menos 3,4028237e+38). Não vai acontecer tão cedo… e é neste reforço de segurança que o Galaxy A Quantum encontra a sua maior vantagem.

Em termos de especificações mais tradicionais, o Samsung Galaxy A Quantum inclui tudo o que é normal num topo-de-gama em 2020: ecrã AMOLED de 6.7 polegadas, 5G, três câmaras com uma de 64 megapíxeis, 8GB de RAM, 128GB de armazenamento… mas tudo isso parece aborrecido quando nos lembramos da segurança que o caracteriza, não é?

Se gostou deste artigo, pode acompanhar o TechFive no Google News aqui. Dúvidas ou sugestões? techfive@techfive.pt